Priscilla Alcântara – Liberdade

Liberdade

Letra original / traducida

Não parece certo alguém
Que tem asas ser colocado
Dentro de uma caixa, sem ver
A luz do Sol brilhar

Pra mim, não faz sentido alguém
Que tem asas não ter o céu
Inteiro para poder voar
Se tenho asas, eu sei que o céu é o meu lugar

Eu só queria voar, eu só queria voar
Eu só queria voar, eu só queria voar

Enfim, a liberdade me ouviu
E abriu aquela caixa onde eu estava
Tentei voar, mas minhas asas
Não funcionavam mais
(Não funcionavam mais)

Eu passei tanto tempo ali
Tanto tempo que desaprendi
O que eu mais amava fazer
Que era voar com você

A liberdade me chamou de canto e disse assim
Não deixe nada te dizer quem você é
Você é o que vê em mim

Eu aprendi a voar, eu aprendi a voar
Eu aprendi a voar, eu aprendi a voar

Você me ensinou a voar, Você me ensinou a voar
Eu aprendi a voar quando te vi em mim

Eu aprendi a voar, eu aprendi a voar (quando te vi em mim)
Quando te vi em mim, quando te vi em mim

A liberdade me chamou de canto e disse assim
Não deixe nada te dizer quem você é
Você é o que vê em mim


Libertad

No parece cierto alguien
Que tiene alas sea colocado
Dentro de una caja, sin ver
La luz del sol brillar

Para mí, no tiene sentido alguien
Que tiene alas no tener el cielo
Entero para poder volar
Si tengo alas, sé que el cielo es mi lugar

Sólo quería volar, sólo quería volar
Sólo quería volar, sólo quería volar

En fin, la libertad me oyó
Y abrió aquella caja donde yo estaba
He intentado volar, pero mis alas
Ya no funcionaban
(Ya no funcionaban)

Pasé tanto tiempo allí
Tanto tiempo que desaprendí
Lo que más amaba hacer
Que era volar contigo

La libertad me llamó cantando y dijo así
No dejes que nada te diga quién eres
Tú eres lo que ves en mí

Aprendí a volar, aprendí a volar
Aprendí a volar, aprendí a volar

Tú me enseñaste a volar, tú me enseñaste a volar
Yo aprendí a volar cuando te vi en mí

Yo aprendí a volar, aprendí a volar (cuando te vi en mí)
Cuando te vi en mí, cuando te vi en mí

La libertad me llamó cantando y dijo así
No dejes que nada te diga quién eres
Tú eres lo que ves en mí

Compartir...

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.