Vinícius de Moraes, Maria Creuza, Toquinho – Samba em preludio

Letra original / traducida

Samba em preludio

Eu sem você
Não tenho porque
Porque sem você
Não sei nem chorar
Sou chama sem luz
Jardim sem luar
Luar sem amor
Amor sem se dar
Eu sem você
Sou só desamor
Um barco sem mar
Um campo sem flor
Tristeza que vai
Tristeza que vem
Sem você meu amor
Eu não sou ninguém

Ai, que saudade
Que vontade de ver renascer
Nossa vida
Volta, querida
Os meus braços precisam dos seus
Seus abraços precisam dos meus
Estou tão sozinho
Tenhos os olhos cansados de olhar
Para o além
Vem ver a vida
Sem você meu amor
Eu não sou ninguém


Samba en preludio

Yo sin ti
no tengo un por qué
Porque sin ti
No sé ni llorar
Soy llama sin luz
Un jardín sin luz de luna
Luz de luna sin amor
Amor sin entregar
Yo sin ti
Solo soy desamor
Un barco sin mar
Un campo sin flor
Tristeza que va
Tristeza que viene
Sin ti mi amor
no soy nadie

Oh, cómo te extraño
Qué ganas de ver renacer
Nuestra vida
Vuelve, querida
Mis brazos necesitan los tuyos
Tus abrazos necesitan los míos
Estoy tan solo
Mis ojos están cansados de mirar
A la lejanía
Ven a ver la vida
Sin ti mi amor
no soy nadie

Compartir...

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

© 2021 LetrasTraducidas.org | Aviso Legal | Política de Cookies | Feed RRS | Contacto