Bruno & Marrone – Vida vazia

Letra original / traducida

Bruno & Marrone - Vida Vazia (Ao Vivo)

Vida vazia

Depois que você foi embora
A solidão entrou, trancou a porta
E não me deixa mais…
Eu já tentei sair
Tentei fugir, não consegui
Eu já não tenho paz…

Até o meu sorriso é tão sem graça
Não há nada que desfaça
Essa tristeza em meu olhar…

O que é que eu vou fazer prá te esquecer?
O que é que eu vou fazer prá não sofrer?
O que é que eu faço prá você voltar
Prá minha vida?

Vida vazia, saudade sua
Dia nublado, vento gelado
Noite sem lua
Vida Vazia de sentimento
Noite sem sono
No abandono eu não aguento…

Até o meu sorriso é tão sem graça
Não há nada que disfarça
Essa tristeza em meu olhar…
O que é que eu vou fazer prá te esquecer?
O que é que eu vou fazer prá não sofrer?
O que é que eu faço prá você voltar
Prá minha vida?

Vida vazia, saudade sua
Dia nublado, vento gelado
Noite sem lua
Vida Vazia de sentimento
Noite sem sono
No abandono eu não aguento…

Vida vazia, oh, oh, oh!
Dia nublado, vento gelado
Noite sem lua
Vida Vazia de sentimento
Noite sem sono
No abandono eu não aguento…

Autores de la canción: N Bruno / Felipe
Letra de Vida vazia © Peermusic Publishing


Vida vacía

Después de que te hayas ido
La soledad entró, cerró la puerta
Y ya no me deja
He tratado de dejar
Traté de huir, no lo conseguí
Ya no tengo paz

Hasta mi sonrisa es tan aburrida
No hay nada que pueda deshacer
Esta tristeza en mis ojos

¿Qué haré para olvidarte?
¿Qué puedo hacer para no sufrir?
¿Qué puedo hacer para que vuelvas
A mi vida?

Una vida vacía, echándote de menos
Día nublado, viento helado
Noche sin luna
Vida vacía de sentimientos
Noche sin sueño
En el abandono no puedo soportar

Hasta mi sonrisa es tan aburrida
No hay nada que disimular
Esta tristeza en mis ojos
¿Qué haré para olvidarte?
¿Qué puedo hacer para no sufrir?
¿Qué puedo hacer para que vuelvas
A mi vida?

Una vida vacía, echándote de menos
Día nublado, viento helado
Noche sin luna
Vvida vacía de sentimientos
Noche sin sueño
En el abandono no puedo soportar

La vida vacía, ¡oh, oh, oh!
Día nublado, viento helado
Noche sin luna
Vida vacía de sentimientos
Noche de insomnio
En el abandono no puedo soportar

Compartir...

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

© 2021 LetrasTraducidas.org | Aviso Legal | Política de Cookies | Feed RRS | Contacto